A articulação entre o complexo verde de Ab’Saber e o complexo urbano de Becker como desafio do desenvolvimento regional: Amapá como um caso amazônico

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

O presente trabalho traz uma síntese dos ecossistemas do Amapá como contribuição ao conhecimento de uma região pouco pesquisada, de modo que possibilite uma reflexão sobre um caso amazônico de uma floresta preservada e os problemas decorrentes do intenso processo de concentração urbana desassistida. Este artigo apresenta o quadro de proteção legal a que foram submetidos os ecossistemas do Amapá, com destaque para as áreas protegidas criadas pelos governos federal e estadual. O estudo analisa os indicadores da dinâmica demográfica e socioeconômica amapaense que apontam para a necessidade de políticas públicas de enfrentamento dos problemas de natureza urbana. A partir da análise da realidade ambiental e urbana, ancorado na produção científica de Ab’Saber e Becker, concluiu-se pelo apelo à revalorização da política de ordenamento territorial com ênfase em novos paradigmas que reconheçam a importância dos ecossistemas para a sustentabilidade do desenvolvimento regional.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Marco Antonio Augusto Chagas Universidade Federal do Amapá
  • Antonio Sérgio Monteiro Filocreão Universidade Federal do Amapá
  • Benedito Vítor Rabelo Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá
  • Aristóteles Viana Fernandes Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá
Biografia
Marco Antonio Augusto Chagas, Universidade Federal do Amapá
Doutor em Ciências - Área de Concentração Desenvolvimento Socioambiental - pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da UFPA. Professor do Curso de Ciências Ambientais e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, da Universidade Federal do Amapá.
Antonio Sérgio Monteiro Filocreão, Universidade Federal do Amapá
Doutor em Ciências - Área de Concentração Desenvolvimento Socioambiental - pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos da UFPA. Professor do Curso de Ciências Sociais e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, da Universidade Federal do Amapá.
Benedito Vítor Rabelo, Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá
Pesquisador Senior do Núcleo de Ordenamento Territorial do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (NOT/IEPA).
Aristóteles Viana Fernandes, Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá
Doutorando da Universidade de Córdoba-Espanha (UCO-ES) e Pesquisador do Núcleo de Ordenamento Territorial do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (NOT/IEPA).
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

CHAGAS, M. A. A.; FILOCREÃO, A. S. M.; RABELO, B. V.; FERNANDES, A. V. A articulação entre o complexo verde de Ab’Saber e o complexo urbano de Becker como desafio do desenvolvimento regional: Amapá como um caso amazônico. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 13, n. 32, 10 mar. 2017.

Seção

Estudos

Publicado:

Mar 10, 2017
Palavras-chave:

Amazônia. Amapá. Ecossistema. Preservação. Urbanização. Desenvolvimento Regional.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.