Avaliação da disciplina Formação Didático-Pedagógica em Saúde: a ótica dos pós-graduandos

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Na Universidade Federal de São Paulo, a disciplina Formação Didático-Pedagógica em Saúde (FDPS) é oferecida pelo Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde (Cedess/Unifesp) aos alunos dos programas de pós-graduação stricto sensu, desde 1996. Objetiva este trabalho analisar limites e possibilidades dessa disciplina a partir da ótica dos pós-graduandos. A metodologia utilizada foi a análise quanti-qualitativa de questionários. Os dados indicaram satisfação dos alunos e estímulo à reflexão, à participação e à troca de experiências. Inicialmente, eles manifestam expectativas sobre a dimensão técnica da docência e, gradativamente, se sensibilizam sobre as suas dimensões políticas e sociais. A disciplina propicia um espaço de reflexão sobre o papel do professor do ensino superior, considerando o contexto social e as políticas públicas de educação e de saúde no País.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Iraní Ferreira Ferreira Gerab Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
  • Sylvia Helena Batista Universidade Federal de São Paulo
  • Maria Cecilia Sonzogno Universidade Federal de São Paulo
  • Claudinéa Guedes Yamashiro Universidade Federal de São Paulo
  • Fábio Gerab Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana - FEI
  • Lidia Ruiz Moreno Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
Biografia
Iraní Ferreira Ferreira Gerab, Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
Doutora em Ciências pelo Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp.
Sylvia Helena Batista, Universidade Federal de São Paulo
Doutora em Psicologia da Educação pelo Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
Maria Cecilia Sonzogno, Universidade Federal de São Paulo
Doutora em Psicologia da Educação. Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde da Universidade Federal de São Paulo-UNIFESP
Claudinéa Guedes Yamashiro, Universidade Federal de São Paulo
Mestrado em Ensino em Ciências da Saúde pelo Centro de Desenvolvimento do Ensino Superior em Saúde da Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
Fábio Gerab, Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana - FEI
Doutor em Física Aplicada, pela Universidade de São Paulo (USP), professor titular e chefe do Departamento de Matemática do Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana (FEI).
Lidia Ruiz Moreno, Universidade Federal de São Paulo - Unifesp
doutora em Biologia pela Universidad Nacional de Córdoba, Argentina, e vice-coordenadora do Programa de Mestrado Ensino em Ciências da Saúde (Cedess/Instituto Saúde e Sociedade), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

GERAB, I. F. F.; BATISTA, S. H.; SONZOGNO, M. C.; YAMASHIRO, C. G.; GERAB, F.; MORENO, L. R. Avaliação da disciplina Formação Didático-Pedagógica em Saúde: a ótica dos pós-graduandos. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 11, n. 24, 20 maio 2015.

Seção

Experiências

Publicado:

Mai 20, 2015

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.