Novas equações para antigas incógnitas: a questão habitacional no Brasil sob a ótica da produção acadêmica nacional

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

A questão habitacional no Brasil tem se destacado por grandes avanços nas últimas décadas, tanto no campo acadêmico, quanto em relação à formulação de políticas públicas. Entretanto, apesar do indiscutível progresso, emergem dúvidas sobre a real efetividade das ações empreendidas e sobre o papel da academia na superação das crônicas deficiências do planejamento urbano no País, que, em última instância, conduzem à escalada do deficit habitacional. A despeito da ampliação do volume de conhecimento produzido, a literatura científica carece de dados que permitam caracterizar esse panorama com consistência. Destarte, procura-se discutir a produção científica nacional sobre habitação com base em um estudo bibliométrico, com maior enfoque para a última década. Os resultados obtidos evidenciam um descolamento dos valores e ideais adotados na práxis da gestão pública e no discurso acadêmico, o que conduz ao questionamento acerca da real contribuição dos pesquisadores na árdua missão de reduzir a segregação social existente em nosso País. 

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Paulo Nascimento Neto
  • Tomás Antonio Moreira Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Biografia
Paulo Nascimento Neto
Arquiteto e Urbanista, mestre e doutorando em Gestão Urbana na Pontifícia Universidade Católica do Paraná.
Tomás Antonio Moreira, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Ph.D. em Estudos Urbanos, pela Université du Québec à Montréal, Montreal, Canadá, professor do Programa de Pós-Graduação em Urbanismo e do curso de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas).
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

NASCIMENTO NETO, P.; MOREIRA, T. A. Novas equações para antigas incógnitas: a questão habitacional no Brasil sob a ótica da produção acadêmica nacional. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 11, n. 24, 20 maio 2015.

Seção

Estudos

Publicado:

Mai 20, 2015

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.