Migração interna de mestres e doutores no Brasil: algumas considerações

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

A migração interna de mestres e doutores no Brasil é um fenômeno recente, mas que tem se intensificado ao longo das últimas décadas. A ampliação da circulação dessa mão de obra qualificada entre as diversas regiões do País é consequência, principalmente, da desconcentração do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) e também da expansão do ensino superior. A principal atividade econômica empregadora desse grupo populacional (a educação) é vinculada, direta ou indiretamente, à política educacional para o ensino superior. Portanto, para entender esse fenômeno, é necessário compreender como ocorreu a expansão da política (de Estado) educacional ao longo do tempo, seja pela ótica da oferta (criação e expansão dos programas/cursos de pós-graduação), seja pela ótica da demanda (contratação de professores para o ensino superior). 

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Sergio Oswaldo de Carvalho Avellar Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes
Biografia
Sergio Oswaldo de Carvalho Avellar, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes
Mestre em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), doutorando em Demografia, na Universidade de Campinas (Unicamp).
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

AVELLAR, S. O. DE C. Migração interna de mestres e doutores no Brasil: algumas considerações. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 11, n. 24, 20 maio 2015.

Seção

Estudos

Publicado:

Mai 20, 2015

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.