Impactos antrópicos nas lagoas costeiras do norte do estado do Rio de Janeiro: uma revisão sobre a eutrofização artificial e gases de efeito estufa

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

A eutrofização artificial é uma ação antrópica que altera o metabolismo dos ecossistemas aquáticos continentais, potencializando a incorporação ou a emissão de carbono para a atmosfera, na forma de gases de efeito estufa (CO2 e CH4). Neste artigo, avalia-se a contribuição de diversos estudos para a compreensão da relação entre a eutrofização artificial e a dinâmica do CO2 e do CH4 em lagoas costeiras. Alguns dos fatores controladores da dinâmica dos gases de efeito estufa foram identificados. De modo geral, observou-se que a eutrofização artificial potencializa a emissão de CO2 e de CH4 para a atmosfera. Os estudos foram conduzidos de forma segmentada ao invés de uma abordagem integrada sobre os principais fatores controladores. Os estudos foram realizados em diferentes programas de pós-graduação no estado do Rio de Janeiro. Destaca-se a importância desses programas, uma vez que os profissionais formados continuam desenvolvendo pesquisas em diversas instituições pelo Brasil.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Claudio Cardoso Marinho Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • André Luiz dos Santos Fonseca Instituto Federal do Rio de Janeiro - campus Realengo
  • Francisco de Assis Esteves Universidade Federal do Rio de Janeiro
Biografia
Claudio Cardoso Marinho, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Doutor em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Técnico de laboratório da UFRJ e professor da Universidade Estácio de Sá/RJ.
André Luiz dos Santos Fonseca, Instituto Federal do Rio de Janeiro - campus Realengo
Doutor em Ciências pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Professor do Instituto Federal do Rio de Janeiro, campus Realengo (IFRJ Realengo).
Francisco de Assis Esteves, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Doutor em Ciências Biológicas pelo Max-Planck Institute für Limnologie, Alemanha. Diretor geral do Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-ambiental de Macaé. Participante da comissão coordenadora do programa PIE/PELD do Ministério da Ciência e Tecnologia. Professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

MARINHO, C. C.; FONSECA, A. L. dos S.; ESTEVES, F. de A. Impactos antrópicos nas lagoas costeiras do norte do estado do Rio de Janeiro: uma revisão sobre a eutrofização artificial e gases de efeito estufa. Revista Brasileira de Pós-Graduação, [S. l.], v. 13, n. 32, 2017. DOI: 10.21713/2358-2332.2016.v13.986. Disponível em: https://rbpg.capes.gov.br/rbpg/article/view/986. Acesso em: 18 jun. 2024.

Seção

Estudos

Publicado:

mar. 10, 2017
Palavras-chave:

Lagunas Costeras. Eutrofización Artificial. Calentamiento Global. Postgrado. Metano. Dióxido de Carbono. Coastal Lagoons. Artificial Eutrophication. Global Warming. Graduate Studies. Methane. Carbon Dioxide. Lagoas Costeiras. Eutrofização Artificial. Aquecimento Global. Pós-Graduação. Metano. Dióxido de Carbono.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)