Impactos na prática docente de uma disciplina do mestrado profissional

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Este artigo apresenta os resultados da pesquisa realizada com egressos do Mestrado Profissional em Ensino de Ciência e Tecnologia da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Ponta Grossa, cujo objetivo foi verificar os impactos da disciplina Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) sobre a atuação dos sujeitos na prática docente. A coleta de dados se deu por meio de um questionário on-line. Os resultados apontam que a maioria dos egressos desconheciam sobre a abordagem CTS no início do mestrado profissional. Após realização da disciplina em análise, a maioria passou a usá-la na sua prática docente, pois consideram que ela favorece a relação professor-aluno, aumenta o interesse dos discentes pelos conteúdos curriculares, e melhora a capacidade de reflexão e de crítica sobre a relação entre ciência, tecnologia e sociedade.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Ana Lúcia Crisostimo Universidade Estadual do Centro-Oeste - Unicentro.
  • Rosemari Monteiro Castilho Foggiatto Silveira Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) campus de Ponta Grossa-Pr.
Biografia
Ana Lúcia Crisostimo, Universidade Estadual do Centro-Oeste - Unicentro.
Formada em Ciências Biológica pela Unicentro. Doutora em Educação (UNICAMP).  Docente do curso de Ciências Biológicas e do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática da Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO. Pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação Ensino de Ciência e Tecnologia- PPGECT da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Ponta Grossa, PR.
Rosemari Monteiro Castilho Foggiatto Silveira, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) campus de Ponta Grossa-Pr.
Professora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) campus de Ponta Grossa. Atualmente é professora nos cursos de Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Eletrônica e professora permanente no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia - PPGECT. 
Referências

ACEVEDO DÍAZ, J. A. Cambiando la práctica docente en la enseñanza de las ciencias a través de CTS. Borrador, Madrid, n. 13, p. 26-30, 1996. Disponível em: . Acesso em: 31 jan. 2017.
AULER, D. Interações entre ciência-tecnologia-sociedade no contexto da formação de professores de ciências. 2002. 257 f. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.
AULER, D.; DELIZOICOV, D. Visões de Professores sobre as Interações entre Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS). In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 2. 1999, Valinhos. Anais… Valinhos: Abrapec, 1999.
______. Ciência-Tecnologia-Sociedade: relações estabelecidas por professores de ciências. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, Barcelona, v. 5, n. 2, p. 337-355, 2006.
AZEVEDO, R. O. M. et al. Questões sociocientíficas com enfoque CTS na formação de professores de Ciências: perspectiva de complementaridade. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, Belém, v. 9, n. 18, p. 84-98, jan-jun., 2013. Disponível em: < http://www.periodicos.ufpa.br/index.php/revistaamazonia/article/view/2025>, Acesso em 20 jun. 2017.
BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.
BAZZO, W. A. Ciência, Tecnologia e Sociedade: e o contexto da educação tecnológica. Florianópolis: Editora da UFSC, 1998.BRASIL. Portaria Interministerial nº 1.227, de 28 de dezembro de 2009. Diário Oficial da União, Brasília, DF, n. 248, 29 dez. 2009. Seção 1, p. 20. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2017.
BAZZO, W. A.; CURY, H. N. Formação crítica em Matemática: uma questão curricular? Bolema, Rio Claro, v. 14, n. 16, p. 29-47, jan-dez, 2001.
CEREZO, J. A. L. Ciencia, tecnología y sociedad: el estado de la cuestión en Europa y Estados Unidos. Revista Iberoamericana de Educación, Madrid, n. 18, p. 13-40, sept./dic., 1998.
______. Ciência, tecnologia e sociedade: o estado da arte na Europa e nos Estados Unidos. In: SANTOS, L. W. (Org.). Ciência, tecnologia e sociedade: o desafio da interação. Londrina: Iapar, 2002. p. 3-38.
FABRI, F.; SILVEIRA, R. M. C. F. O ensino de ciências nos anos iniciais do ensino fundamental sob a ótica CTS: uma proposta de trabalho diante dos artefatos tecnológicos que norteiam o cotidiano dos alunos. Ienci: Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 18, n. 1, p. 77-105, mar. 2013. Disponível em: < https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/issue/view/12 >. Acesso em 16 mar. 2017.
FERREIRA, A. F. et al. A pesquisa aplicada em educação: uma experiência de intervenção na educação básica de Salvador/BA. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 1, 2014, Campina Grande. Anais… Campina Grande: AINPGP, 2014.
GARCÍA, M. I. G., CEREZO, J. A. L., LÓPEZ, L. L. Ciencia, Tecnología y Sociedad: una introducción al estudio social de la ciencia y la tecnología. Madrid: Tecnos, 1996.
MENESTRINA, T. C.; BAZZO, W. A. Alternativas para a formação do engenheiro: as concepções de Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS). In: Congresso Brasileiro de Ensino de Engenharia, 32. Brasília-DF, 14 a 17 set. 2004. Anais..., Brasília, DF: Abenge, 2004. p. 1-15.
MOREIRA, M. A. O mestrado (profissional) em ensino. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, DF, v. 1, n. 1, p. 131-142, jul. 2004.
MOREIRA, M. A.; NARDI, R. Mestrado profissional na área de Ensino de Ciências e Matemática: alguns esclarecimentos. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, Brasília, DF, v. 2, n. 3, p. 1-9, dez. 2009.
NIEZER, T.; SILVEIRA, R. M. C. F.; FABER, F. Formação continuada e enfoque CTS: percepções de um grupo de professores de química. XI Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – XI ENPEC Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Anais..., 3 a 6 de julho de 2017. Disponível em: < http://abrapecnet.org.br/enpec/xi-enpec/anais/resumos/R0853-1.pdf>. Acesso em: 18 nov. 2017.
NIEZER, T. M.; SILVEIRA, R. M. C. F.; SAUER, E. Ensino de soluções químicas por meio do enfoque ciência-tecnologia-sociedade. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, Vigo, v. 15, n. 3, p. 428-449, dez. 2016.
PALACIOS, E. M. G. et al. Introdução aos estudos CTS (ciência, tecnologia e sociedade). Madri: Organização dos estados Ibero-americanos para a educação, a ciência e a cultura, 2003. (Cadernos de Ibero-América).
PINHEIRO, N. A. M. Educação crítico – reflexiva para um ensino médio científico tecnológico: a contribuição do enfoque CTS para o ensino aprendizagem do conhecimento matemático. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica. 2005. 306 p. Disponível em: < https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/101921/222011.pdf?sequence=1&isAllowed=y >. Acesso em: 18 nov. 2017.

PINHEIRO, N. A. M.; BAZZO, W. A. Uma experiência matemática sob o enfoque CTS: subsídios para discussões. Revista Perspectiva, Erechim, v. 28, p.33-49, set. 2004.

PINHEIRO, N. A. M.; SILVEIRA, R. M. C. F.; BAZZO, W. A. Ciência, Tecnologia e Sociedade: a relevância do enfoque CTS para o contexto do ensino médio. Ciência & Educação, Bauru, v. 13, n. 1, p. 71-84, abr. 2007.
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Objetivos do curso – Mestrado. Ponta Grossa: UTFPR, [2017a]. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2017.
______. Ementa – CTS. Ponta Grossa: UTFPR, [2017b. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2017.
______. Sobre o curso – Mestrado. Ponta Grossa: UTFPR, [2017c], Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2017.
ROSA, S. E.; AULER, D. Manifestações da suposta neutralidade da ciência-tecnologia em abordagens CTS. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 9. 2013, Águas de Lindóia. Anais… Águas de Lindóia: 2013.
______. Não neutralidade da ciência-tecnologia: problematizando silenciamentos em práticas educativas CTS. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Florianópolis, v. 9, n. 2, p. 203-231, nov. 2016.
SANTOS, W. L. P. Significados da educação científica com enfoque CTS. In: SANTOS, W. L. P.; AULER, D. CTS e educação científica: desafios, tendências e resultados de pesquisa. Brasília, DF: Editora UnB, 2011. p. 21-47.
SANTOS, W. L. P.; MORTIMER, E. F. Tomada de decisão para ação social responsável no ensino de ciências. Ciência & Educação, Bauru, v. 7, n. 1, p. 95-111, jan. a jun. 2001.
______. Uma análise de pressupostos teóricos da abordagem CTS (Ciência-Tecnologia-Sociedade) no contexto da educação brasileira. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte, v. 2, n. 2, p. 1-23, dez. 2002.
SILVERIA, R. M. C. F.; BAZZO, W. A. Ciência, tecnologia e suas relações sociais: a percepção de geradores de tecnologia e suas implicações na educação tecnológica. Revista Ciência & Educação (Bauru) vol. 15, nº. 03, jan. a jun. 2009.
______. IX Simpósio Internacional Processo Civilizador: Tecnologia e civilização. Ciência e Tecnologia: transformando a relação do ser humano com o mundo. Anais... Ponta Grossa/Paraná: IX Simpósio Internacional Processo Civilizador: Tecnologia e civilização, 2005. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2017.
SOUZA. F. L.; PEDROSA, E. M. P. O. Enfoque CTS e a Pesquisa Colaborativa na Formação de Professores Em Ciências. Rev. ARETÉ, Manaus. v. 4. n. 7. p. 24-33, ago. a dez. 2011.
VIEIRA, R. M. Formação continuada de professores do 1º e 2º ciclos do ensino básico para uma educação em ciências com orientação CTS/PC. Tese (Doutorado em Didática) – Universidade de Aveiro, Aveiro, 2003.
VIEIRA, T. C.; VIEIRA, R. M. Construindo práticas didático-pedagógicas promotoras da literacia científica e do pensamento crítico. In: DOCUMENTOS de Trabajo de Iberciencia n. 2. Madrid: Organização dos Estados Ibero-americanos, 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 nov. 2016.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

CRISOSTIMO, A. L.; SILVEIRA, R. M. C. F. Impactos na prática docente de uma disciplina do mestrado profissional. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 14, 20 nov. 2017.

Seção

Experiências

Publicado:

Nov 20, 2017
Palavras-chave:

Ciência, Tecnologia e Sociedade. Mestrado Profissional. Prática Docente.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.