Patentes de invenção e artigos científicos: especificidades e similitudes

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Este trabalho tem como objetivo desmistificar o processo de redação das patentes de invenção, de modo a incentivar o uso mais efetivo do sistema de propriedade industrial pelos pesquisadores brasileiros. As descrições aqui expostas baseiam- se em pesquisa bibliográfica e documental – através de informações oriundas da legislação, livros e artigos científicos – além da experiência de um dos autores no manuseio e análise de processos de pedidos de patentes. Apresentam-se, resumidamente, as principais características do método para elaborar um artigo científico e um pedido de privilégio de invenção enumerando os componentes desses documentos. As semelhanças e especificidades entre as duas formas de publicação da pesquisa científica são estabelecidas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Anna Haydée Lanzillotti Jannuzzi
  • Cristina Gomes de Souza
Biografia
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

JANNUZZI, A. H. L.; SOUZA, C. G. DE. Patentes de invenção e artigos científicos: especificidades e similitudes. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 5, n. 9, 11.

Seção

Debates
Palavras-chave:

Pesquisa científica. Patente de invenção. Artigo científico.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.