O Impacto social do PPGINF-UFPR uma proposta de autoavaliação

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

O presente artigo apresenta a proposta de autoavaliação realizada no Programa de Pós-Graduação em Informática da Universidade Federal do Paraná, no que se refere ao “impacto social” do programa. Essa autoavaliação baseou-se em uma pesquisa-piloto (survey) realizada no doutorado do PPGInf, com alunos e egressos, em que se perguntou diretamente qual sua atuação social; os principais resultados são expostos e comentados aqui. O artigo também discute em termos sociológicos e epistemológicos a noção de “impacto social”, argumentando que ele é ao mesmo tempo vago e de difícil operacionalização; assim, para que os programas de pós-graduação possam fazer a autoavaliação, devem substituir o “impacto social” pela “atuação social” (dos próprios PPGs, dos corpos discente e docente, dos grupos de pesquisa).

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Gustavo Biscaia de Lacerda
Biografia
Referências

ALEXANDRE NETTO, Carlos. 2018. Princípios para um novo modelo de avaliação da pós-graduação. Ciência e Cultura, Rio de Janeiro, v. 70, N 3, p. 47-51, jul.-set.
ANDRADE, Jairo E. B.; NEGREIROS, João L. X. M. & FERREIRA, Rodrigo R. 2013. Avaliação de impacto de um programa de pós-graduação na atuação profissional de egressos. Artigo apresentado no XXXVII Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, realizado no Rio de Janeiro, de 7 a 11 de setembro de 2013.
BABBIE, Earl. 2001. Métodos de pesquisas de survey. Belo Horizonte: UFMG.
CAPES. 2018. Repensando a avaliação. Brasília: Coordenação Nacional de Desenvolvimento do Pessoal de Nível Superior.
CAPES. s/d. Avaliação quatrienal. Disponível em: http://avaliacaoquadrienal.capes.gov.br/. Acesso em: 3.set.2019.
CNPQ. 2020. Currículo lattes de Maria José Soares Mendes Giannini. Disponível em: http://lattes.cnpq.br/8972540207861201. Acesso em: 10.fev.2020.
COMTE, Augusto. 1972. Opúsculos de filosofia social. São Paulo: USP.
GIANNINI, Maria José S. M. 2016. A avaliação e o impacto social da pós-graduação. Artigo apresentado no XXXII Encontro Nacional do Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação, realizado em Manaus, de 23 a 25 de novembro.
LACERDA, Gustavo B. 2016. Introdução à Sociologia Política. Curitiba: Intersaberes.
LOUREIRO, Maria Rita; ABRUCIO, Fernando L. & PACHECO, Regina S. 2010. Burocracia e política no Brasil. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas.
MARQUES, Fabrício. 2019. Avaliação em 5 dimensões. Revista Pesquisa Fapesp, São Paulo, N 286, p. 28-31, dez.
MARTINS, Carlos B. 2018. As origens pós-graduação nacional (1960-1980). Revista Brasileira de Sociologia, Belo Horizonte, v. 6, n. 13, p. 9-2666, maio-ago.
POUPART, Jean (org.). 2010. A pesquisa qualitativa. 2ª ed. Petrópolis: Vozes.
SCHWARTZMAN, Simon. 2001. Formação da comunidade científica no Brasil. 2ª ed. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia.
SOUZA, Vítor E. S. (2019). Resumo da minha participação no Seminário de Meio Termo da CAPES 2019. Disponível em: http://www.inf.ufes.br/~vitorsouza/blog/resumo-da-minha-participacao-no-seminario-demeio-termo-da-capes-2019/. Acesso em: 8.fev.2020.
WERNECK, Guilherme & CESSE, Eduarda. 2019. Impacto dos PPG da Saúde Coletiva na sociedade. Rio de Janeiro: Fórum de Coordenadores de Pós-Graduação em Saúde Coletiva.
WOOD JR., Thomas; COSTA, Caio C. M.; LIMA, Giovanna M. R. & GUIMARÃES, Rosana C. 2016. Impacto social: estudo sobre programas brasileiros selecionados de pós-graduação em Administração de Empresas. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 20, N 1, p. 21-40, jan.-fev.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

BISCAIA DE LACERDA, G. O Impacto social do PPGINF-UFPR. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 17, n. 38, p. 1-30, 1 jun. 2022.

Seção

Artigos

Publicado:

Jun 1, 2022
Palavras-chave:

Avaliação institucional, Impacto social, Pós-Graduação

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.