Legislação e política ambiental no Brasil: as possibilidades do desenvolvimento sustentável e os riscos do retrocesso ambiental

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar a apropriaçãodo ideal de desenvolvimento sustentável pelas principais leisambientais federais brasileiras. Criticado por ser amplo e vago, oconceito de desenvolvimento sustentável, reforçado durante a Rio+20,encerra um compromisso de equilíbrio intrageracional e equidadeintergeracional, também firmado pela Constituição Federal. Assimsendo, importa reconhecer os rumos dados pela legislação para definira compatibilidade entre aspectos sociais, ambientais e econômicos.Optou-se pela pesquisa qualitativa, bibliográfica e normativa paracircunscrever o alcance conceitual da expressão e de sua delimitaçãoconstitucional, com o respectivo desdobramento na legislação e napolítica federal. Recomendações gerais e específicas são propostasa título de contribuir para a adequação das normas em vigor e daspolíticas públicas como forma de assegurar os direitos das futurasgerações.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Rodrigo Machado Vilani
Biografia
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

VILANI, R. M. Legislação e política ambiental no Brasil: as possibilidades do desenvolvimento sustentável e os riscos do retrocesso ambiental. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 10, n. 21, 14 fev. 2014.

Seção

Estudos

Publicado:

Fev 14, 2014
Palavras-chave:

Desenvolvimento Sustentável. Legislação Ambiental. Políticas Públicas. Futuras Gerações

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.