As políticas públicas para a agricultura familiar brasileira em clima semiárido: do combate à convivência

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

O trabalho apresenta as políticas públicas direcionadas paraas famílias agricultoras, fundamentalmente aquelas que vivem emregiões de clima semiárido, tendo como objetivo geral apresentar asideologias das políticas públicas de combate à seca, realizadas no iníciodo século XX, comparando-as com as políticas de convivência com oclima semiárido, que trazem uma nova configuração de estratégia paraa sustentabilidade do desenvolvimento local. Para tanto, apresentousea importância das políticas públicas para a pequena agriculturae promoção do desenvolvimento sustentável, tendo como cenárioprincipal o ciclo das secas, no período compreendido entre 1900 e 1970,bem como as mudanças de paradigmas nos modelos de produção daagricultura familiar, desde os modelos convencionais, transitando peloperíodo que ficou conhecido como revolução verde, até a agroecologia.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Daniel Alves Campelo
Biografia
Daniel Alves Campelo
123
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

CAMPELO, D. A. As políticas públicas para a agricultura familiar brasileira em clima semiárido: do combate à convivência. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 10, n. 21, 14 fev. 2014.

Seção

Estudos

Publicado:

Fev 14, 2014
Palavras-chave:

Políticas Públicas. Agricultura Familiar. Semiárido.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.