Formação de professores no Brasil: os desafios de parcerias internacionais

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Desde 2009 tem havido uma expansão da internacionalização do ensino superior no Brasil; traduzida em um conjunto de programas financiados pelo governo federal, por meio da Fundação Capes. O Programa de Licenciaturas Internacionais incentiva projetos voltados para a melhoria do ensino e da qualidade na formação inicial de professores e promove o intercâmbio de estudantes de Licenciatura em cursos de graduação da Universidade de Coimbra, Portugal. Há obstáculos que devem ser superados decorrentes da incompatibilidade curricular dos cursos de formação de professores no Brasil e na Europa. Vamos discutir os desafios de garantir a compatibilidade entre os diferentes sistemas, de modo a criar um ambiente adequado para a mobilidade dos licenciandos brasileiros e permitir-lhes a realização de uma parte da sua formação no exterior.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Flavia Maria Teixeira dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Biografia
Flavia Maria Teixeira dos Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Professora Adjunta da Faculdade de Educação, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Licenciada em Química pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Formiga (1990), Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996) e Doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001). Foi professora da educação básica por 13 anos e, desde 2001, atua na educação superior, com experiência na docência e na pesquisa. Foi coordenadora da Coordenadoria das Licenciaturas da UFRGS no período de 2009 a 2011. Coordenou o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) e o Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI-CAPES-UC) na UFRGS. É co-editora da Revista Investigações em Ensino de Ciências (IENCI). Seus interesses de pesquisa concentram-se na formação de professores, dinâmica das interações, interações discursivas em sala de aula e ensino-aprendizagem de química.
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

SANTOS, F. M. T. DOS. Formação de professores no Brasil: os desafios de parcerias internacionais. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 11, n. 26, 9 dez. 2014.

Seção

Estudos

Publicado:

Dez 9, 2014
Palavras-chave:

Internacionalização. Educação Superior. Formação de Professores

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.