Protagonismo da Clínica de Direitos Humanos e Meio Ambiente da Universidade Federal de Mato Grosso e sua atuação política e multicultural

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Este artigo analisa a concepção e o funcionamento da Clínica de Direitos Humanos e Meio Ambiente da Universidade Federal de Mato Grosso, a partir do contexto em que ela se insere e de seu escopo multicultural, que envolve não apenas a proteção do ambiente natural e sua rica biodiversidade, mas também dos direitos dos povos indígenas e populações tradicionais, revelando tratar-se de um espaço de pesquisa e extensão em que o ativismo de professores comprometidos com a mudança social pode contribuir para a construção de um modelo de desenvolvimento com mais sustentabilidade e justiça social.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Carlos Teodoro José Hugueney Irigaray
Biografia
Carlos Teodoro José Hugueney Irigaray
123
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

HUGUENEY IRIGARAY, C. T. J. Protagonismo da Clínica de Direitos Humanos e Meio Ambiente da Universidade Federal de Mato Grosso e sua atuação política e multicultural. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 11, n. 23, 24 jul. 2014.

Seção

Experiências

Publicado:

Jul 24, 2014

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.