Educação do campo em Santa Catarina: um processo em construção

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

A proposta do texto é refletir sobre os primeiros resultados de uma pesquisa que analisa a implementação de políticas públicas e práticas educativas do campo no estado de Santa Catarina. Nos seus objetivos, aponta para a necessidade de analisar as políticas e práticas sociais de educação do campo adotadas no estado nos últimos 10 anos(de 1998 a 2008). Para isso, propõe-se a realizar um levantamento das políticas específicas de educação do campo em Santa Catarina adotadas pelo governo estadual, seja em forma de programas, projetos, leis, normatizações ou em outras formas particulares que tratem a questão no âmbito de suas ações diretas, bem como na relação que estabelece com os municípios, no espírito do regime de colaboração entre os sistemas federativos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Antonio Munarim
  • Marcos de Oliveira
  • Sonia Aparecida Branco Beltrame
  • Zima Isabel Peixer
Biografia
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

MUNARIM, A.; DE OLIVEIRA, M.; BELTRAME, S. A. B.; PEIXER, Z. I. Educação do campo em Santa Catarina: um processo em construção. Revista Brasileira de Pós-Graduação, [S. l.], v. 8, n. 1, 2011. DOI: 10.21713/2358-2332.2011.v8.247. Disponível em: https://rbpg.capes.gov.br/rbpg/article/view/247. Acesso em: 2 mar. 2024.

Palavras-chave:

Educação do Campo. Políticas Públicas. Práticas Educativas.