Internacionalização da pós-graduação em Psicologia: estudo comparativo dos cursos de doutorado no Brasil e na Espanha

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Objetivou-se, neste artigo, analisar características relativas ao debate sobre internacionalização dos programas de excelência de Psicologia no Brasil e Espanha. Trata-se de estudo documental comparativo entre os 6 cursos de doutorado brasileiros com conceitos 6 e 7 na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), em 2010-2012, e os cinco espanhóis que receberam a Mención hacia la Excelencia, em 2010-2011. Três tipos de dados foram coletados: caracterização geral, formação dos alunos e produção científica (período 2007-2012). Como pontos distintos, tem-se a maior produtividade dos pesquisadores brasileiros e a predominância, no Brasil, de áreas de Psicologia alinhadas ao mainstream da pesquisa internacional. Em relação às aproximações, chamam a atenção o caráter tutorial do processo formativo e o peso de iniciativas pessoais na conquista do padrão de excelência internacional.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Ana Ludmila Costa
  • Fellipe Coelho-Lima UFRN
  • Joyce Pereira da Costa UFRN
  • Pablo de Sousa Seixas UFRN
  • Oswaldo Hajime Yamamoto UFRN
Biografia
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

COSTA, A. L.; COELHO-LIMA, F.; COSTA, J. P. DA; SEIXAS, P. DE S.; YAMAMOTO, O. H. Internacionalização da pós-graduação em Psicologia: estudo comparativo dos cursos de doutorado no Brasil e na Espanha. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 11, n. 25, 21 out. 2014.

Seção

Estudos

Publicado:

Out 21, 2014
Palavras-chave:

Pós-graduação. Internacionalização. Psicologia no Brasil. Psicologia na Espanha.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.