v. 6 n. 11 (2009)

O artigo de abertura da RBPG 11 "Perfil dos Alunos de Pós-Graduação em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos da Universidade de Brasília", de autoria de Moraes et al., faz um estudo comparativo desse programa, voltado para a formação de pesquisadores em Engenharia Sanitária e Ambiental, com os demais cursos de pós-graduação em áreas correlatas no País. Esse estudo confirma a existência de grandes assimetrias, inclusive no desenvolvimento das áreas do conhecimento, com especial ênfase na região Centro-Oeste do Brasil. O segundo artigo da seção Estudos, de Daniel Gustavo Mocelin – "Concorrência e Alianças entre Pesquisadores: Reflexões acerca da Expansão de Grupos de Pesquisa dos anos 1990 aos 2000 no Brasil" –, considera que a ampliação signifi cativa do número de parcerias acadêmicas no Brasil (grupos de pesquisa) é resultado da grande concorrência entre os pesquisadores. Para Mocelin, o sistema de concessão de recursos mais comumente adotado pelos agentes fi nanceiros, que tem como base as competências científicas, por exemplo, reforça "a oligopolização de oportunidades" e o estabelecimento de "grupos artificiais" de pesquisa, cujos integrantes têm pouca afi nidade acadêmica.

Publicado: 04-04-2011