As Humanidades em face das Ciências; as Poéticas em face dos Métodos: provocações e desafios

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

A partir de importantes reflexões realizadas sobre aspectos da ciência contemporânea, este texto visa a explorar as assimetrias que persistem entre os saberes no âmbito da academia. Pretende-se analisar a posição historicamente subalterna das Humanidades, argumentando em favor da distinção entre elas e as Ciências em função de especificidades inconciliáveis, logo, visa‑se, em última instância, a combater as assimetrias. Entre os critérios de distinção, pretende-se abordar os modos de produção de texto em suas implicações para a avaliação da produção intelectual. Será abordado igualmente o “método” como procedimento hegemônico da pesquisa científica, que nos estudos em  Humanidades se revela, em termos gerais, inaplicável, podendo e devendo, como propõe este texto, ceder lugar à ideia de “poéticas de investigação”.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Ludmila de Lima Brandão Universidade Federal de Mato Grosso / UFMT
Biografia
Ludmila de Lima Brandão, Universidade Federal de Mato Grosso / UFMT
Doutorado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1999). Pós-doutorado (2004-2005) na Université dOttawa (Canada), com bolsa CAPES, na área de Crítica da Cultura. É Coordenadora da Pró-Reitoria de Ensino de Pós-Graduação da UFMT. Professora Titular da Universidade Federal de Mato Grosso. Fundadora e primeira Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea - Área Interdisciplinar / Mestrado e Doutorado nota 4 - da UFMT (2008-2011). Fundadora e primeira Coordenadora da Rede CO3 (Rede Centro Oeste de Ensino e Pesquisa em Arte, Cultura e Tecnologias Contemporâneas) (2010-2012) que reúne pesquisadores de programas de pós-graduação da UFMT, UnB, UFG, UFGD, UFMS e UFU. É líder do Núcleo de Estudos do Contemporâneo (UFMT/CNPq). Coordena PNPD Institucional/CAPES intitulado "Artes Visuais em Mato Grosso: acervo, difusão e crítica". Coordena projeto financiado pelo MinC intitulado "Territórios Criativos Indígenas: arte e sustentabilidadE". É membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte - ABCA e Curadora do Museu de Arte e Cultura Popular da UFMT (MACP/UFMT). Atua no campo da Análise e da Crítica Cultural, da Crítica de Arte, no debate sobre a contemporaneidade, a colonialidade do saber e da arte, abordando especialmente os tópicos: arte, cidade, subjetividades, subalternidade e resistência. Principal publicação: A Casa Subjetiva: matérias, afectos e espaços domésticos (São Paulo: Perspectiva, 2008, 1 reimpressão).
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

BRANDÃO, L. de L. As Humanidades em face das Ciências; as Poéticas em face dos Métodos: provocações e desafios. Revista Brasileira de Pós-Graduação, [S. l.], v. 13, n. 31, 2017. DOI: 10.21713/2358-2332.2016.v13.1173. Disponível em: https://rbpg.capes.gov.br/rbpg/article/view/1173. Acesso em: 26 maio. 2024.

Seção

Debates

Publicado:

fev. 17, 2017
Palavras-chave:

Humanidades. Ciencias. Escritura. Método. Poéticas de Investigación. Humanities. Sciences. Writing. Method. Poetics of Investigation. Humanidades. Ciências. Escritura. Método. Poéticas de Investigação.