Ações para o processo de internacionalização dos programas de pós-graduação do centro tecnológico da Universidade Federal de Santa Catarina

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

A internacionalização dos Programas de Pós-graduação nas Instituições de Ensino Superior brasileiras tem merecido grande destaque. Em decorrência da ampliação dos critérios de avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior a internacionalização tornou-se um dos fatores de indicação da qualidade dos Programas de Pós-graduação. Em 2017, o governo brasileiro lançou um Programa de Internacionalização (CAPES PrInt) para auxiliar as Instituições de Ensino Superior brasileiras no desenvolvimento de pesquisas, bolsas de estudos e no estabelecimento de parcerias institucionais com Instituições de Ensino Superior estrangeiras. Uma das Instituições de Ensino Superior contempladas foi a Universidade Federal de Santa Catarina selecionada para esta pesquisa. Trata-se de um estudo de caso que investigou as ações estratégicas de internacionalização dos Programas de Pós-graduação do Centro Tecnológico da Universidade Federal de Santa Catarina, que obtiveram os melhores resultados (notas 6 ou 7) na última avaliação quadrienal da CAPES. Por meio da ferramenta Google Forms, questionários foram aplicados aos coordenadores de 4 Programas, além da investigação documental. Concluiu-se que as estratégias adotadas pelos Programas se concentram na mobilidade acadêmica, nas missões de trabalho no exterior e nas publicações de trabalhos científicos em revistas internacionais. Em contrapartida, há pouco investimento na capacitação de docentes e na oferta de disciplinas em línguas estrangeiras, situação limitante para os avanços do processo de uma internacionalização abrangente.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Luciane Stallivieri Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Enio Snoeijer Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Pedro Antonio de Melo Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Biografia
Luciane Stallivieri, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Graduada em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade de Caxias do Sul - UCS. Especialista em Gestão Universitária pela Organização Universitária Interamericana do Canadá. Mestre em Cooperação Internacional pela Universidade São Marcos - São Paulo - SP. Doutora em Línguas Modernas pela Universidad del Salvador - USal, Buenos Aires. Foi Professora do Centro de Ciências Humanas da Universidade de Caxias do Sul e Assessora de Relações Internacionais na mesma Universidade. Esteve à frente da Presidência do Fórum das Assessorias das Universidades Brasileiras para Assuntos Internacionais - FAUBAI. Atuou como Secretária Executiva da Presidência da Associação das Universidades de Língua Portuguesa - AULP. Foi Secretária Executiva da Organização Universitária Interamericana - OUI - Região Brasil. Foi Coordenadora do Instituto de Gestão e Liderança Universitária - Centro IGLU - Brasil. Também atuou como Membro do Grupo Assessor de Cooperação Internacional da CAPES e Membro da Comissão de Internacionalização do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras - CRUB. Concluiu seu estágio Pós-doutoral em Engenharia e Gestão do Conhecimento na Universidade Federal de Santa Catarina. É Professora do Programa de Pós-graduação - Mestrado em Administração Universitária da Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC, onde ministra a disciplina Internacionalização da Educação Superior e Gestão da Cooperação Acadêmica Internacional. É Pesquisadora do Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária - INPEAU - investigandos seguintes temas: Internacionalização do Ensino Superior, Cooperação e Mobilidade Acadêmica Internacional; Internacionalização e currículos disruptivos baseados na abordagem do conhecimento.

Enio Snoeijer, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Mestre em Administração Universitária pelo Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária (PPGAU) da UFSC (2020). Graduado em Secretariado Executivo na UFSC (2019) com o recebimento do Mérito Estudantil pelo melhor índice de aproveitamento de curso. Especialista em Administração, Gestão Pública e Políticas Sociais na UNIESC (2014). Graduado em Ciências Biológicas da UFSC (2002). Ocupa o cargo de assistente em administração na UFSC desde 2012. É membro do grupo Pesquisa e Prática em Gestão e Secretariado (PPGSec) da UFSC desde 2016. Atuou como Vice-Tesoureiro da Associação Brasileira de Pesquisa em Secretariado (ABPSEC) na gestão 2019/2021. É o Gestor Editorial da revista Connection Scientific Journal (CSJ). 

Pedro Antonio de Melo, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Pedro Antônio de Melo é Doutor em Engenharia de Produção e Sistemas e Mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina. Possui graduação em Letras - Português e Literatura Brasileira - UFSC; Especialista em Recursos Humanos pela UFSC, e em Gestão Universitária pelo CRUB - Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras em parceria com a OUI - Organização Universitária Interamericana (2004), Canadá. Pós-doutorado em Educação Superior, pelo Instituto Internacional para a Educação Superior na América Latina e o Caribe ? IESALC, da Unesco. Doutor Honoris Causa, pela Honorable Academia Mundial de Educación - HAME (2012). É professor da UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina, no Departamento de Ciências da Administração - CAD, onde leciona disciplinas relacionadas ao Empreendedorismo. Nos Programas de Pós-Graduação em Administração - PPGAdm e Administração Universitária - PPGAU, ministra disciplinas e desenvolve pesquisas relacionadas a Gestão Universitária. Foi Coordenador do Mestrado Profissional em Administração Universitária (2010 - 2016). É Diretor do Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária ? INPEAU. Foi Coordenador do Instituto de Gestão e Liderança Universitária - IGLU - Região Brasil, da Organização Universitária Interamericana ? OUI, Canadá, de 2010 a 2019. Foi Editor da Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL. Desde 2018 é o Chefe do Departamento de Ciências da Administração - CAD, da UFSC.

Referências

ALTBACH, Philip. G.; KNIGHT, Jane. The internationalization of higher education: Motivations and realities. Journal of studies in international education, v. 11, n. 3-4, p. 290-305, 2007.

AUDY, Jorge et al. Reflexões e propostas para a área de inovação da 4ª CNCTI. Parcerias Estratégicas, v. 16, n. 32, p. 153-158, 2012.

AZEVEDO, Mario Luiz Neves de; OLIVEIRA, João Ferreira de. Internacionalização da educação superior e avaliação da qualidade da pós-graduação: riscos e perspectivas no Brasil e no Reino Unido. EccoS–Revista Científica, n. 51, p. 15166, 2019.

AZEVEDO, Mario Luiz Neves de; OLIVEIRA, João Ferreira de; CATANI, A. M.. O Sistema Nacional de Pós-graduação (SNPG) e o Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024): regulação, avaliação e financiamento. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação-Periódico científico editado pela ANPAE, v. 32, n. 3, p. 783-803, 2016. Disponível em: https://www.seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/68576/39684. Acesso em: 19 abr. 2021.

BARANZELI, Caroline. Modelo de internacionalização em casa – IaH. In: MOROSINI, M. C. (org.). Guia para a internacionalização universitária. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2019.

BARDIN, Lawrence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BARRETO, Francisco Cesar de Sá.; DOMINGUES, Ivan. O PNPG 2011-2020: os desafios do país e o sistema nacional de pós‑graduação. Educação em Revista, v. 28, n. 3, p. 17-53, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-46982012000300002&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 20 abr. 2021.

BELFORT, Ana Cláudia et al. O módulo internacional como ação estratégica de internacionalização de um programa de mestrado em Administração. Revista Gestão Universitária na América Latina, v. 12, n. 2, p. 206-229, 2019.

BONA, Juliano; LUNA, José Marcelo Freitas de. O conceito de totalidade e o processo de internacionalização do Currículo: aspectos ontológicos e metodológicos/The concept of totality and the curriculum internationalization process: ontological and methodological aspects. Educação em Foco, v. 21, n. 34, p. 17-34, 2018.

BRASIL. Decreto N. 29.741, de 11 de julho de 1951. Institui uma Comissão para promover a Campanha Nacional de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. 1951. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2021.

BRASIL. Lei N. 3849, de 18 de dezembro de 1960. Federaliza a Universidade do Rio
Grande do Norte, cria a Universidade de Santa Catarina e dá outras providências. Disponível
em: 354412-publicacaooriginal-1-pl.html>. Acesso em: 16 nov. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Plano Nacional de Pós-Graduação - PNPG 2011-2020. Brasília, DF: CAPES, 2010. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2021.

Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Edital n. 41/2017 do Programa Institucional de Internacionalização - CAPES/PRINT. 2017. Disponível em: https://www1.capes.gov.br/bolsas-e-auxilios-internacionais/capes-print. Acesso em: 15 abr. 2021.

Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Ficha de Avaliação - Grupo de Trabalho. 2019. Disponível em: https://www.gov.br/capes/pt-br/centrais-de-conteudo/10062019-fichaavaliacao-pdf. Acesso em: 19 abr. 2021.

Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Plano Nacional de Pós-Graduação - PNPG 2011-2020. 2020. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2021.

Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Sobre a Avaliação. 2021a. Disponível em: https://uab.capes.gov.br/avaliacao/sobre-a-avaliacao. Acesso em: 19 abr. 2021.

Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Sobre as áreas de avaliação. 2021b. Disponível em: https://uab.capes.gov.br/avaliacao/sobre-as-areas-de-avaliacao. Acesso em: 19 abr. 2021.

Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Quantitativo de cursos e programas de pós-graduação por região do país. 2021c. Disponível em: . Acesso em: 22 abr. 2021.

CREMONINI, Leon et al. In the shadow of celebrity? World-class university policies and public value in higher education. Higher Education Policy, v. 27, n. 3, p. 341-361, 2014.

CRESWELL, John Ward. Projeto de Pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, 2007.

DE WIT, Hans et al. Internationalisation of higher education. The Bloomsbury Handbook of the Internationalization of Higher Education in the Global South, 2015.

GHENO, Ediane Maria et al. Sistema de avaliação da CAPES: indicadores e procedimentos de monitoramento e avaliação de desempenho. Em Questão, v. 25, n. 3, p. 184-213, 2019. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2021.

KNIGHT, Jane. Internationalization remodeled: Definition, approaches, and rationales. Journal of studies in international education, v. 8, n. 1, p. 5-31, 2004.

KNIGHT, Jane. Higher Education Internationalization: Concepts, Rationales, and Frameworks. Revista REDALINT. Universidad, Internacionalización e Integración Regional, v. 1, n. 1, p. 65-88, 2021. Disponível em: http://revele.uncoma.edu.ar/htdoc/revele/index.php/redalint/article/view/3090. Acesso em: 13 maio 2021.

KNIGHT, Jane; DE WIT, Hans. Internationalization of higher education: Past and future. International Higher Education, n. 95, p. 2-4, 2018.

KNOBEL, Marcelo et al. Desenvolvimento da internacionalização da educação superior no Brasil: Da mobilidade acadêmica internacional à institucionalização do processo na universidade. ETD: Educação Temática Digital, v. 22, n. 3, p. 672-693, 2020.

MACCARI, Emerson Antonio et al. A gestão dos programas de pós-graduação em administração com base no sistema de avaliação da Capes. REGE - Revista de Gestão, v. 16, n. 4, p. 1-16, 2009.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia Científica. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7.ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MARRARA, Thiago. Internacionalização da Pós-Graduação: objetivos, formas e avaliação. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 4, n. 8, 2007.

MOROSINI, Marília Costa. Dossiê: Internacionalização da educação superior. Educação, v. 40, n. 3, p. 288-292, 2017. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/848/84854915002.pdf. Acesso em: 16 abr. 2021.

MOROSINI, Marilia Costa.; CORTE, M. D.; GUILHERME, A. A. Internationalization of higher education: A perspective from the great south. Creative Education, 2017.

NEVES, Clarissa Eckert Baeta; BARBOSA, Maria Ligia Oiveira. Internationalization of higher education in Brazil: advances, obstacles, and challenges. Sociologias, v. 22, p. 144-175, 2020.

OLIVEIRA, Cinthia Sandes. A internacionalização do ensino superior no Brasil por meio da ação da CAPES: a cocriação do programa CAPES-PrInt. (Doutorado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional). Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Universidade de Brasília. Brasília, 2019.

PATRUS, Roberto; SHIGAKI, Helena Belintani; DANTAS, Douglas Cabral. Quem não conhece seu passado está condenado a repeti-lo: distorções da avaliação da pós-graduação no Brasil à luz da história da Capes. Cadernos EBAPE. BR, v. 16, n. 4, p. 642-655, 2018.

PEREIRA, Fernanda Mota. Internacionalização e formação linguística na UFBA: um relato sobre desafios e estratégias. Fórum Linguístico, v. 18, n. 1, p. 5631-5641, 2021.

RAMOS, Milena Yumi. Internacionalização da pós-graduação no Brasil: lógica e mecanismos. Educação e pesquisa, v. 44, 2018.

SILVA, Edna Lúcia; MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia de Pesquisa e Elaboração de Dissertação. UFSC: 4 ed. 2005.

SILVA JÚNIOR, João dos Reis. The New Brazilian University: a busca por resultados comercializáveis. Canal 6 Editora LTDA, 2017.

SILVA JÚNIOR, João dos Reis. KATO, Fabíola Bouth Grello. A Política de Internacionalização da Pós-Graduação stricto sensu brasileira: breves considerações sobre a atual política da Capes. In: FERREIRA, Valdivina Alves (org.). Políticas e Avaliação da Pós-Graduação stricto sensu: da inserção social local à internacionalização. Brasília: Cátedra UNESCO de Juventude, Educação e Sociedade. Universidade Católica de Brasília, 2018.

STALLIVIERI, Luciane. Implementing quality assessment criteria in higher education institutions: a management perspective. 2021. Webinário - Center of Internationalization of Education Brasil-Austrália, realizado em 7 abr. 2021.

STALLIVIERI, Luciane. Compreendendo a internacionalização da educação superior. Revista de Educação do COGEIME, v. 26, n. 50, p. 15-36, 2017.

TRIVINOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987. 175 p.

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Pró-Reitoria de Pós-Graduação. Plano Institucional de Internacionalização. 2018a. Disponível em: https://novaprpg.paginas.ufsc.br/files/2019/02/PROPOSTA-DE-PLANO-INSTITUCIONAL-DE-INTERNACIONALIZAC%CC%A7A%CC%83O-Final-Aprovada.pdf. Acesso em: 16 abr. 2021.

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Pró-Reitoria de Pós-Graduação. Edital Conjunto CG-PRINT/UFSC n. 01/2018/PROPG/PROPESQ. 2018b. Disponível em: https://propg.ufsc.br/files/2016/07/Edital-Retificado-01_2018_PROPG_PROPESQ.pdf. Acesso em: 22 jun. 2021.

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Projeto Institucional - PRINT. 2020a. Disponível em: https://propg.ufsc.br/cin/print/projeto-institucional-print/. Acesso em: 15 abr. 2021.

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI 2020-2024. 2020b. Disponível em: https://pdi.ufsc.br/pdi-2020-2024/. Acesso em: 19 abr. 2021.

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Avaliação Anual do Plano de Desenvolvimento Institucional 2020-2024. 2021a. Disponível em: https://pdi.paginas.ufsc.br/files/2021/04/Avaliac%CC%A7a%CC%83o-Anual-2020.pdf. Acesso em: 20 abr. 2021.

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Programas de Pós-Graduação. 2021b (antes 2021d). Disponível em: . Acesso em: 27 abr. 2021.

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Programa de Pós-Graduação. 2021c (antes 2021b). Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2021.

Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Secretaria de Relações Internacionais - SINTER. 2021d. Disponível em: https://sinter.ufsc.br/. Acesso em: 13 jun. 2021.

YIN, Robert. Estudo de Caso: planejamento e métodos. 2 ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

STALLIVIERI, L.; SNOEIJER, E.; ANTONIO DE MELO, P. Ações para o processo de internacionalização dos programas de pós-graduação do centro tecnológico da Universidade Federal de Santa Catarina . Revista Brasileira de Pós-Graduação, [S. l.], v. 18, n. 39, p. 1–33, 2023. DOI: 10.21713/rbpg.v18i39.1842. Disponível em: https://rbpg.capes.gov.br/rbpg/article/view/1842. Acesso em: 25 jun. 2024.

Seção

Artigos

Publicado:

ago. 28, 2023
Palavras-chave:

Internationalization of higher education, Graduate Programs, Internationalization indicators, Strategic actions, CAPES-PrInt Internacionalización de la educación superior., Programas de Posgrado, Indicadores de internacionalización, Acciones estratégicas, CAPES-PrInt Internacionalização da educação superior, Programa de Pós-Graduação, Indicadores de internacionalização, Ações estratégicas, CAPES-PrInt

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.