Contribuições ao debate da pós-graduação lato sensu

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Este artigo discute questões sobre o papel da pós-graduação lato sensu e aspectos concernentes à sua flexibilização, bem como os diversos níveis regulatórios definidos na legislação competente, evidenciando uma indefinição conceitual, regulatória e avaliativa desse nível de ensino. Nesse sentido, destacam-se a Resolução CNE/CES nº 1, de 3 de abril de 2001, e a Portaria MEC nº1.188, de 6 de maio de 2004, procurando identificar qual o nível regulatório prevalente, considerando que esta Portaria Ministerial sobrepõe-se, em alguns aspectos, à Resolução.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Dirce Mendes da Fonseca
Biografia
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

FONSECA, D. M. da. Contribuições ao debate da pós-graduação lato sensu. Revista Brasileira de Pós-Graduação, [S. l.], v. 1, n. 2, 2011. DOI: 10.21713/2358-2332.2004.v1.47. Disponível em: https://rbpg.capes.gov.br/rbpg/article/view/47. Acesso em: 23 abr. 2024.

Seção

Debates
Palavras-chave:

pós-graduação. lato sensu. legislação. graduate study, lato sensu, legislation.