A expansão da pós-graduação na Fundação Oswaldo Cruz: contribuição para a melhoria da educação científica no Brasil

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Relatamos a experiência de criação dos novos cursos de mestrado e doutorado em “Ensino em Biociências e Saúde” na Fundação Oswaldo Cruz. Contextualizando a atual crise brasileira na educação científica, seus condicionantes e conseqüências, o artigo discute aspectos epistemológicos e metodológicos desses cursos e analisa os fatores que levaram uma instituição de pesquisa, tradicionalmente ocupada com as questões específicas de Biociências e Saúde, a envolver-se com os problemas de educação formal e não-formal na área, identificando desafios.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Tania Cremonini Araújo-Jorge Instituto Oswaldo Cruz, Fiocruz
  • Evelyse Lemos Borges Instituto Oswaldo Cruz, Fiocruz
Biografia
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

ARAÚJO-JORGE, T. C.; BORGES, E. L. A expansão da pós-graduação na Fundação Oswaldo Cruz: contribuição para a melhoria da educação científica no Brasil. Revista Brasileira de Pós-Graduação, [S. l.], v. 1, n. 2, 2011. DOI: 10.21713/2358-2332.2004.v1.43. Disponível em: https://rbpg.capes.gov.br/rbpg/article/view/43. Acesso em: 23 abr. 2024.

Seção

Relato de Experiências Inovadoras
Palavras-chave:

ensino de ciências. educação e saúde. pós-graduação. formação de professores. science education, science teaching, health and education, graduate study, teacher preparation.