Políticas públicas de pós-graduação no estado de São Paulo: uma análise dos cursos de Engenharia Elétrica reconhecidos pela Capes

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Este artigo analisa os cursos de pós-graduação stricto sensu na área de Engenharia Elétrica no estado de São Paulo entre 2002 e 2014. A pesquisa descritiva e exploratória utiliza a base de dados da Capes – GeoCapes – para construir conhecimentos sobre a quantidade de alunos titulados nas universidades paulistas, verificar a participação de cada uma destas na formação de profissionais e analisar comparativamente os resultados, considerando a distribuição geográfica das instituições. Assim, identifica-se o cenário de atuação da política pública educacional de formação na pós-graduação, além de fazer uma breve contextualização das dificuldades de capacitação no segmento. Conclui-se que o número de programas aumentou no período, com preponderância das três universidades estaduais na formação de estudantes de mestrado e doutorado na área, porém com uma distribuição concentrada em poucas cidades e regiões administrativas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Daniel Tonelo Universidade Federal do ABC (UFABC)
  • Marcos Vinicius Pó Universidade Federal do ABC (UFABC)
  • Sidney Jard da Silva Universidade Federal do ABC (UFABC)
Biografia
Daniel Tonelo, Universidade Federal do ABC (UFABC)

Daniel Tonelo, mestre em Políticas Públicas pela Universidade Federal do ABC (UFABC) e professor do Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS), São Paulo, SP, Brasil. E-mail: daniel.tonelo@ufabc.edu.br

 

Marcos Vinicius Pó, Universidade Federal do ABC (UFABC)

Marcos Vinicius Pó, doutor em Administração Pública e Governo pela Fundação Getulio Vargas (EAESP/FGV) e professor adjunto do Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do ABC (CECS/UFABC), Santo André, SP, Brasil. E-mail: marcos.po@ufabc.edu.br

Sidney Jard da Silva, Universidade Federal do ABC (UFABC)

Sidney Jard da Silva, doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP) e professor associado do Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do ABC (CECS/UFABC), Santo André, SP, Brasil. E-mail: sidney.jard@ufabc.edu.br.

Referências

CANO, W. A desindustrialização no Brasil. Texto para Discussão. IE/Unicamp, Campinas, n. 200, jan. 2012.
CANO, W.; SILVA, A. L. G. Política industrial do governo Lula. Texto para Discussão. IE/Unicamp, Campinas, n. 181, jul. 2010.
CIRANI, C. B. S.; CAMPANARIO, M. A.; SILVA, H. H. M. A evolução do ensino da pós-graduação senso estrito no Brasil: análise exploratória e proposições para pesquisa. Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas, v. 20, n. 1, p. 163-187, mar. 2015.
COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR. Plano Nacional de Pós-Graduação: PNPG 2011-2020. Brasília, DF: Capes, 2010.
______. Documento de área 2013: Engenharias IV. Brasília, DF: Capes, 2013.
FARIA, C. A. P. Uma genealogia das teorias e tipologias do Estado de bem-estar social. In: DELGADO, M. G.; PORTO, L. V. (Org.). O estado de bem-estar social no século XXI. São Paulo: LTR, 2007.
PECK, J.; THEODORE, N.; BRENNER, N. Mal-estar no pós-neoliberalismo. Novos Estudos Cebrap, São Paulo, n. 92, p. 59-78, mar. 2012.
SARTI, F.; HIRATUKA, C. Desenvolvimento industrial no Brasil: oportunidades e desafios futuros. Texto para Discussão. IE/Unicamp, Campinas, n. 187, jan. 2011.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

TONELO, D.; PÓ, M. V.; SILVA, S. J. da. Políticas públicas de pós-graduação no estado de São Paulo: uma análise dos cursos de Engenharia Elétrica reconhecidos pela Capes. Revista Brasileira de Pós-Graduação, [S. l.], v. 14, n. 33, 2017. DOI: 10.21713/2358-2332.2017.v14.1289. Disponível em: https://rbpg.capes.gov.br/rbpg/article/view/1289. Acesso em: 18 jun. 2024.

Seção

Estudos

Publicado:

out. 23, 2017
Palavras-chave:

Capes. State of São Paulo. Electrical Engineering. Policy of Higher Education. Graduate Studies. Capes. Estado de São Paulo. Ingeniería Eléctrica. Política de Enseñanza Superior. Postgrado. Capes. Estado de São Paulo. Engenharia Elétrica. Política de Ensino Superior. Pós-Graduação.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)