Colaboração (Neocolonial) Avançada – um novo Modelo de Parceria entre o Centro e a Periferia

##plugins.themes.bootstrap3.article.sidebar##

Resumo

Em meados dos anos 70, o modelo tradicional de cooperação - caracterizado pelo treinamento de estudantes nas melhores universidades ocidentais, a circulação de pesquisadores dos países desenvolvidos para os países em desenvolvimento e a transferência de técnicas - foi desafiado. O estabelecimento de acordos bilaterais envolvendo o treinamento de pesquisadores e estudantes, assim como o desenvolvimento de projetos de pesquisa conjunta, cofinanciados pelas agências de fomento brasileiras são exemplos da mudança em direção a uma colaboração mais avançada. A proposta deste artigo é fazer um breve exame das estratégias adotadas para a classificação das parcerias norte/sul.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Autores
  • Isabel Canto
  • Janet Hannah
Biografia
Referências

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##


Como Citar

CANTO, I.; HANNAH, J. Colaboração (Neocolonial) Avançada – um novo Modelo de Parceria entre o Centro e a Periferia. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 3, n. 6, 11.

Seção

Estudos
Palavras-chave:

Cooperação acadêmica. Relação científica de periferia. Parceria entre países desenvolvidos e em desenvolvimento.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Detêm os direitos autorais sobre a obra e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution  que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Possuem autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista, com reconhecimento de autoria e de publicação inicial nesta revista.
  • Têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), desde que citada sua publicação inicial nesta revista, uma vez que isso pode gerar alterações.

Além disso, os autores declaram que:

  • Todas as afirmações contidas no manuscrito são fatos, são verdadeiras ou baseadas em pesquisa empírica ou científica.
  • O uso de qualquer marca registrada ou direito autoral dentro do manuscrito foi creditado a seu proprietário ou a permissão para usar o nome foi concedida.